Maio 2016

Pátio 287
Oposição de Marte

2016.05.19
Pátio (Leiria 39°N 08°48'W alt:130m)

 

Takacn212
Takahashi CN-212 apontado para Marte

 

Marte 20160519 22:02 UT

Não foi hoje, mas aproveitei o serão com um céu sem nuvens para matar saudades do planeta vermelho. Apesar de estar a quase 77 milhões de quilometros, é a melhor aproximação em oposição desde Novembro de 2005.

A olho nú, é um intenso ponto de luz avermelhado na constelação de Escorpião, mais precisamente perto da sua "cabeça". Lá perto também anda o planeta Saturno.

A imagem ao lado são 3 fotografias empilhadas, tendo estas sido criteriosamente selecionadas das várias dúzias que tirei usando a Canon 40d montada no foco primário Cassegrain, equivalente a uma objectiva de 2600mm.

Óbviamente que este telescópio tem capacidade para imagens muito melhores usando uma câmara planetária... Mas fica esta que tem a particularidade de ser bastante aproximada do que se conseguia ver a 290x visualmente.
O Polo norte de Marte está a cerca das 11 horas, onde era possível discernir um ligeiro esbranquiçado da calote polar e/ou nuvens, assim como as nuvens brancas e azuladas no limbo às 2 horas das nuvens. Das 3 às 6 horas notava-se uma zona mais escura correspondente aos Mare Cimmerium e Mare Sirenium.

Valerá a pena esperar por 27 de Julho 2018 em que Marte estará a apenas 57.5 milhões de quilómetros.

Aproveite para tirar umas fotografias à Lua que se encontrava quase cheia. Em destaque a cratera Tycho que é relativamente recente com os raios de ejeta ainda bastante evidentee. Tem 85 quilometros de diâmetro.

Lua
Lua quase cheia
(clique na imagem - click on the image)


Pátio 286
Trânsito de Mercúrio

2016.05.09
Pátio (Leiria 39°N 08°48'W alt:130m)

Fazem precisamente 13 anos e 2 dias desde que tive oportunidade de observar este evento astronómico. A meteorologia esteve muito adversa, com chuva e vento forte, não tendo sido possível observar quase todo o evento que se prolongou por quase 7 horas e meia!
De qualquer modo era preciso ser optimista (e ter uma aplicação de meteorologia fiável) para acreditar que iriam surgir abertas. E assim foi, levei os telescópios para o trabalho (incluíndo um telescópio solar Coronado PST) para ir mostrando ao pessoal, e montei o aparato fotográfico pronto a capturar o que fosse possível.

Para os mais distraídos, a sombra do planeta Mercúrio é a aquela "bolinha" em baixo à esquerda. Perto do centro são manchas solares, mais precisamente as regiões ativas 2542 e 2543. A sombra de Mercúrio representa o globo do planeta que tem um diâmetro equatorial de 4880 km vistos a pouco mais de 83 milhões de quilómetros de distância aqui de Leiria. O Sol, esse, estava 68 milhões de quilómetros mais atrás...

O próximo trânsito visivel de Portugal acontecerá a 11 de Novembro de 2019.

AVISO IMPORTANTE
Nunca olhar para o Sol através de algum telescópio ou binóculo sem o filtro apropriado, pois pode causar instantaneamente danos graves e irreversíveis tais como a cegueira total ou parcial.

Trânsito de Vénus
Trânsito de Mercúrio 17:13 UT
1024x1024

A imagem acima resulta de 6 imagens 1/2500seg somadas e processadas no Nebulosity 4 . Capturadas com um Takahashi Sky90 com filtro solar 1000 oaks e uma Canon 40D em cima de uma Takahashi P2Z .

Tempos de Eclipse (Guide9):

Outros trânsitos aqui no Pátio: