Lua

 Mesmo a olho nu, a Lua deslumbra qualquer ser humano. Até com um equipamento pequeno ela parece como uma esfera gigante flutuando no céu, se suas crateras estão parcialmente iluminadas, mostrando seu relevo altamente acidentado cheio de mistérios a serem desvendados. Nesta seção tento mostrar um pouco desta maravilha, com fotos tiradas com webcam e máquinas fotográficas, digital e manual, acopladas ao telescópio. Ao lado, a fase da Lua agora. Clique nas imagens para ampliar.

CURRENT MOON

lunar phases

 

Uma das minhas primeiras fotos tiradas com o telescópio e com a webcam, mostra o relevo acidentado da lua. As três maiores crateras centrais são Arquimedes (maior) e Aristillus (com montanha central) e Autolycus a menor, a cadeia de montanhas na parte inferior é denominada Montes Apenninus a central são os Montes Caucasus; elas dividem o Mare Imbrium (esquerda) e o Mare Serenitatis (direita). Acima e à direita, tem duas crateras grandes: a maior e mais acima é Aritóteles e a menor Eudoxus.

Outra foto tirada no mesmo dia com a webcam, é o pólo Sul Lunar, uma região muito acidentada. 

 

No dia 31/07/2004, pôde-se observar uma Lua Azul. A Lua está azul nesta foto porque usei filtro colorido azul.  ;-)

Quando a Lua atinge sua fase cheia por duas vezes num mesmo mês, denominamos a segunda de Lua Azul. Isto se repete, em média, a cada dois anos e meio, portanto é raro. Mas é claro que só por esta coincidência de datas, a Lua não muda efetivamente de cor. :-)

Foto tirada com a Cânon A95. Foram várias fotos, dentre as quais 15 que foram juntadas com Registax. Repare na boa definição de crateras pequenas, sem falar nas maiores. É uma Lua Minguante com 52% de sua superfície iluminada. 

Quando a Lua esta perto da fase nova, ela aparece no pôr-do-sol ou pouco antes dele nascer, como um filete iluminado parecendo a letra C. Mas o que, normalmente, chama mais a atenção, é o restante da Lua, que não está sendo iluminada pelo Sol. Aparece com uma cor azul clara, com regiões mais escuras. Esta porção está sendo iluminada pela Terra. A luz do Sol que é refletida por nosso planeta atinge a Lua e a ilumina levemente, é o que é chamado de "brilho da Terra" ("Earth shine" em inglês). As regiões escuras, são os mares lunares, as regiões cinza escuro que vemos, quando ela está totalmente iluminada. Neste vídeo (733 Kb), dei ênfase à este fenômeno. Com o telescópio parado, deixei ela caminhar pelo quadro. Clique na foto ao lado para baixar.